Chapas


Os artigos que normalmente são denominados por chapas são produtos compostos por mais de uma peça de madeira (podendo ser mesmo composto por partículas ou fibras) e que são vulgarmente comercializadas com dimensões de comprimento e largura bastante apreciáveis. As soluções são imensas, tanto no que ao tipo de constituição como nas variantes dentro de cada uma das classes de chapas.

 

As mais comuns são:




Lamelados colados:


Painéis constituídos por peças de dimensões reduzidas que uma vez coladas entre faces e muitas das vezes em comprimento (finger-joint) constituem um painel de madeira maciça com dimensões que muito dificilmente se conseguiriam com peça única. Têm ainda o beneficio de na sua fabricação se poder tirar os defeitos que possam não interessar do ponto de vista mecânico e/ou estético.




Paineis de lamelado-colado revestidos:


São painéis de lamelado-colado (como os anteriores) mas fabricados com madeiras de densidade baixa e depois cobertos por duas folhas de madeira que lhe conferem o aspecto exterior. Muito usado para o fabrico de portas e  para fins onde seja necessário resistência , estabilidade e leveza ao mesmo tempo que apresenta um aspecto decorativo superior, que como é óbvio depende da folha que se aplica nas faces.




Aglomerados de Fibras:


Existe uma grande variedade de chapas fabricadas com as fibras da madeira, as mais conhecidas são:

 

 

Placa de fibras de madeira, produzida por processo húmido (vulgarmente conhecida por platex). Apresenta normalmente uma face lisa e outra rugosa, as espessuras são finas: 2,5; 3,2 e 5mm e tem aplicação em acabamentos interiores. Pode ainda ter a face lisa pintada ou folheada, pode ainda apresentar-se perfurado. As dimensões de comprimento e largura são: 2440 x 1700 e 2440 x 1830 mm





Placas de Fibras MDF:


São placa de fibras de Média Densidade, são muito utilizadas na carpintaria e revestimentos. O seu acabamento pode ser : crú, melamínico e folheado e pode apresentar características de hidrógugo e Ignifugo. As dimensões de espessura são muito variadas. Pode ser trabalhado e acabado como se de madeira maciça se tratasse.


Placas de Fibra HDF


Iguais ás anteriores mas de Densidade mais elevada.



Aglomerados de partículas:


Estes aglomerados são produtos prensados de pequenas partículas de madeira e são muito usados para vários fins. Podem apresentar-se como crú (sem revestimento), folheado, com melamina, ou com revestimento fenólico para cofragem. Pode ser Hidrófugo e Ignifugo e ainda ser perfurado (estrados de cama). As suas espessuras são muito variadas.




Contraplacados:


Estas chapas são constituídas pela colagem de folhas de madeira umas às outras, em número ímpar e o fio da madeira é colocado cruzado entre folhas adjacentes. Esta característica fornece à chapa uma grande estabilidade dimensional e grande resistência mecânica. Conforme as colas usadas os contraplacados podem ser para uso interior ou exterior. O seu acabamento denominasse desenrolado ou listado conforme  a folha é tirada pelo método de desenrolamento ou pelo de corte de folha. O listado é considerado mais decorativo, dando mais ideia de madeira estruturada. O contraplacado com revestimento fenólico pode ser usado na cofragem (revestimento liso) ou e carroçarias e pisos de veículos de transporte de pessoas (revestimento com relevos).



OSB:


Esta chapa é um aglomerado de partículas, mas como é produzido com orientação do sentido das partículas garantido, no final, depois da prensagem, acaba por se ter um produto com características de contraplacado. O aspecto desta chapa é muito diferente dos restantes contraplacados e mesmo aglomerados, o que lhe dá alguma desvantagem no aspecto estético quando se trata do grande público mas que tem vindo a ter uma grande aceitação como material decorativo entre os arquitectos. Apresenta várias espessuras e também várias classes de resistência à intempérie. As dimensões são similares aos restantes contraplacados, sobretudo nas medidas médias.